OUTROS DESTAQUES
Regulamentação
Para Intelig, interconexão e competição são prioridade em 2004
quarta-feira, 07 de janeiro de 2004 , 19h09 | POR REDAÇÃO

Para 2004, a Intelig já elegeu dois pontos básicos pelos quais lutará no campo regulatório: a definição de preços de custo para a interconexão e a aceleração da fiscalização da Anatel contra práticas anticompetitivas.
?A interconexão não pode ser um negócio. O primeiro passo para reverter essa situação foi dado ano passado, no decreto governamental com as diretrizes de políticas públicas para o setor de telecomunicações. Em 2004 esperamos que haja uma consolidação nesse sentido?, comentou o diretor de assuntos regulatórios da Intelig, Alain Rivière.
Quanto às práticas anticompetitivas, o executivo entende que a Anatel foi mais pró-ativa em 2003, porém, ainda precisa acelerar mais os processos contra tais irregularidades este ano. ?Pois o tempo corre a favor das operadoras dominantes?, declarou Rivière.

Ziller

O diretor da Intelig elogiou a nomeação de Pedro Jaime Ziller para a presidência da Anatel, mas lembrou que a autarquia é um órgão colegiado e que seu presidente não tem superpoderes. ?O presidente da agência pode perder votações. Há exemplos disso nas gestões de Renato Guerreiro e de Luiz Guilherme Schymura?, ressaltou. Ele acredita que Ziller servirá como uma boa ponte entre o trabalho de regulamentação da Anatel e as diretrizes de política pública para o setor de telecomunicações divulgadas pelo governo em meados do ano passado.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top