OUTROS DESTAQUES
Mercado
Justiça de NY libera Dantas a negociar apenas com a Orascom
quarta-feira, 07 de março de 2007 , 15h08 | POR SAMUEL POSSEBON

O Opportunity bem que tentou conseguir uma liberação da Justiça de Nova York para vender suas ações nas empresas em que é acionista minoritário, ao lado dos fundos de pensão e Citibank. O grupo de Daniel Dantas pediu a flexibilização total de uma ordem de 7 de junho de 2006 que o impede de fazer qualquer coisa com suas ações. E argumentava que havia recebido uma proposta da Orascom na aquisição de suas participações. O Juiz Lewis Kaplan, que conduz a ação em Nova York, foi precavido. Autorizou na última segunda, 5, Daniel Dantas a negociar suas ações na Brasil Telecom, Telemig Celular, Amazônia Celular e Telemar apenas com a Orascom, e exigiu que qualquer acordo ou acerto seja informado antes ao Citibank e submetido à Justiça de Nova York, que precisa inclusive dar a anuência para a operação ser concluída.

Boato

Como antecipou este noticiário na sexta, dia 2, os rumores de que a Orascom teria feito uma proposta para o Citibank e fundos de pensão eram infundados. O que existe de concreto é uma negociação entre a Orascom, Daniel Dantas e a Telecom Italia, com o intermediamento de Naji Nahas. Com base nessa suposta proposta da Orascom, Dantas havia pedido à Justiça de Nova York autorização para negociar livremente suas participações. O juiz Lewis Kaplan ficou com os argumentos do Citibank, de que essa liberação implicaria o risco de que o Opportunity estivesse tentando repassar o acordo umbrella para alguém, e autorizou o prosseguimento das conversas apenas com a Orascom, e mesmo assim amarrando a conclusão do negócio à sua aprovação.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top