OUTROS DESTAQUES
CTIA Wireless
Teles celulares evitam dar espaço para WiMAX
sexta-feira, 07 de abril de 2006 , 18h24 | POR SAMUEL POSSEBON, DE LAS VEGAS

Durante a CTIA Wireless 2006, pouco, ou quase nada, se falou sobre WiMAX. Não que não houvesse entusiastas da tecnologia entre os fornecedores do pavilhão de exposição. Todos os principais fornecedores de equipamentos têm suas linhas WiMAX desenvolvidas ou em desenvolvimento. Mas especialmente o WiMAX móvel ainda é algo novo e sem muitas novidades nesse campo. Mas as operadoras móveis, donas do show, não gostam muito da idéia dessa nova plataforma, que pode abrir espaços para competidores.
Destaque nessa área apenas para a Samsung, única com um modelo de handset para esse tipo de tecnologia. Mas também outras empresas mostraram-se ativas na área de WiMAX móvel. Entre elas e Beceem e a Alvarion. Mas alguns grandes fornecedores, como a Qualcomm, não mostram nenhum entusiasmo com o WiMAX (802.16). Especificamente, a Qualcomm aposta muito mais nas próximas revisões do EV-DO até que se chegue no padrão 802.20.
Naturalmente, faz isso porque tem interesses diretos no CDMA e porque as maiores operadoras de CDMA do mundo estão apostando na melhoria da tecnologia que já estão adotando em lugar de uma tecnologia nova, ainda que promissora. O que fez mais barulho no pavilhão de exposições da CTIA foram os handsets híbridos, para redes WiFi e GSM ou CDMA.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top