OUTROS DESTAQUES
Cassação e detenção do prefeito atrapalham privatização
terça-feira, 07 de agosto de 2001 , 21h36 | POR REDAÇÃO

A resistência popular é por conta de um escândalo envolvendo a venda de 45% das ações da Sercomtel para a Copel, por US$ 154 milhões, em 1998. O dinheiro, que deveria ir para os cofres públicos, teve uma parte desviada no meio do caminho. O caso, que está sendo apurado pelo Ministério Público, levou à cassação do então prefeito, Antônio Casemiro Belinati, no ano passado, acusado de irregularidades na venda de ações. Na cidade, comenta-se que parte dos recursos teria financiado a campanha do governador do Estado do Paraná, Jaime Lerner. Belinati já foi preso duas vezes – a última neste fim de semana – e depois liberado. Responde a mais de 20 processos. Secretários de sua administração também já foram detidos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top