OUTROS DESTAQUES
Regulamentação
Leilão de WiMAX retornará com preços mais altos, diz advogado
quarta-feira, 07 de novembro de 2007 , 20h45 | POR REDAÇÃO

A Anatel deve relançar o leilão das faixas de 3,5 GHz e 10,5 GHz depois do leilão de 3G, marcado para 18 de dezembro. Entretanto, ainda não fixou a data no caso do WiMAX. Enquanto isso, seguem as especulações sobre o que será ou não mudado no próximo edital. O leilão foi suspenso pelo TCU devido a uma interpelação do Ministério Público sobre o preço mínimo das faixas de freqüência. ?Isso significa que ele será refeito e virá com preços mais altos?, diz Eduardo Ramires, advogado da Manesco, Ramirez, Perez e Azevedo Marques Advocacia. Segundo Ramirez, para desatar o nó do leilão, a Anatel deveria autorizar a operação das concessionárias em sua área de concessão, mas definindo alguns anos de carência para isso acontecer, garantindo uma certa vantagem para as pequenas empresas. "Restringir a entrada das incumbents não é viável. Mundialmente, todas as grandes operadoras já colocaram o WiMAX em seus planos de negócio", disse Ramirez, que participou nesta quarta-feira, 7, do WiMAX Brazil Conference & Expo, em São Paulo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top