OUTROS DESTAQUES
Valor adicionado
Nokia traz ?on device portal? para América Latina
quinta-feira, 08 de março de 2007 , 17h20 | POR FERNANDO PAIVA

A Nokia traz neste primeiro semestre sua solução de ?on device portal? para operadoras e agregadores de conteúdo da América Sul. Trata-se de uma solução para embarcar em aparelhos celulares um software para busca e compra de conteúdo móvel, como wallpapers, ringtones, games, vídeos, fulltracks etc. Hoje, a maior parte das vendas é feita via portais WAP ou através de pedidos via SMS.
A principal vantagem de ter o software residente no aparelho é agilizar a navegação do usuário e poupar seu gasto com tráfego de dados em acessos a portais WAP. Além disso, permite que o cliente teste antes o conteúdo que irá comprar. Ele pode ver o papel de parede ou ouvir o ringtone antes de efetivar a compra. ?Isso aumenta a confiança do consumidor e faz crescer a Arpu com SVA?, afirma Bernardo Carvalho, gerente de desenvolvimento de negócios da Nokia. Outra vantagem é reduzir a quantidade de reclamações relacionadas à compra de SVAs na central de atendimento das operadoras.
A solução da Nokia chama-se ?Nokia Content Discoverer?. Desde meados do ano passado, todos os celulares da série 60 fabricados pela Nokia vêm com um software chamado ?Catologs?, que faz parte dessa solução. Em breve, será a vez dos celulares da série 40. Para que o portfólio de uma operadora ou de um agregador de conteúdo possa ser navegado dentro do ?Catalogs?, é preciso instalar um gateway com a solução da Nokia integrado a seus servidores.
Os agregadores/desenvolvedores Jamba, Electronic Arts e Handango já utilizam a solução no exterior. Entre as operadoras, a americana Cingular e a chinesa China Mobile também adotaram o Nokia Content Discoverer como opção para venda de seu conteúdo white label. Um contrato foi firmado com uma operadora latino-americana, mas o nome da empresa ainda não pode ser revelado. A Nokia está apresentando a solução para todas as operadoras brasileiras.
O modelo de negócios pode variar caso a caso. Os referidos agregadores preferiram compartilhamento de receita: uma parte do faturamento das vendas através do Catalogs fica com a Nokia.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top