OUTROS DESTAQUES
Estratégia
Telemar faz caixa para investir em novas oportunidades de negócios
quinta-feira, 08 de março de 2007 , 12h12 | POR FERNANDO PAIVA

A prioridade da equipe financeira da Telemar este ano é reduzir a dívida e melhorar o fluxo de caixa. A razão é simples: deixar a empresa preparada para as diversas oportunidades de negócios a serem avaliadas em 2007. Isso inclui desde a possibilidade de aquisições de concorrentes até a compra de licenças de 3G, WiMax e entrada no segmento de TV por assinatura. Em contrapartida, não será possível distribuir dividendos como se prometia caso a reestruturação societária vingasse. ?Sem a reestruturação, temos menos flexibilidade para isso?, explicou o diretor de finanças e relações com os investidores da Telemar, José Luis Salazar. Ao fim de dezembro, a Telemar tinha R$ 4,7 bilhões em caixa.

Telemig e BrT

Salazar disse que a Telemig Celular é um ativo que interessa à Telemar, desde que tenha um ?preço correto?. O executivo disse que o grupo irá estudar essa possibilidade de aquisição.
A respeito da idéia de fusão com a Brasil Telecom, Salazar ressaltou mais uma vez que não há nenhuma conversa em andamento entre as duas empresas. Antes disso, é preciso resolver o obstáculo regulatório que impede a fusão entre concessionárias.

TV por assinatura

A anuência da Anatel para que a Telefônica opere em DTH aumentou o otimismo da Telemar para que sua compra da Way TV seja aprovada, disse Salazar.
Sobre o serviço de IPTV, a empresa ainda não definiu sua plataforma, mas já realiza alguns testes técnicos e pretende lançar o serviço aos poucos a partir do segundo semestre.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top