OUTROS DESTAQUES
Internet
Mais da metade da população mundial terá acesso à Internet em cinco anos, diz Cisco
quinta-feira, 08 de junho de 2017 , 20h23

Nos próximos cinco anos, a quantidade de usuários de Internet pulará de 3,3 bilhões para 4,6 bilhões de pessoas, ou mais da metade (58%) da população mundial, segundo previsão do Cisco Visual Networking Index (VNI) divulgado nesta quinta, 8. O levantamento aposta ainda em crescimento das conexões em dispositivos, de 17,1 bilhões para 27,1 bilhões até 2021. As conexões máquina-a-máquina (M2M) e de Internet das Coisas (IoT) serão mais da metade desse total, totalizando 13,7 bilhões (contra 5,8 bilhões atuais).

O VNI diz ainda que a média da velocidade da banda larga mundial crescerá de 27,5 Mbps atuais para 53 Mbps ao fim do período. Já o tráfego total IP deverá crescer três vezes, subindo de 1,2 zettabytes para 3,3 zettabytes por ano em 2021. Globalmente, a tendência será de otimização das redes: 35% do tráfego de Internet será carregado em redes metropolitanas em 2021, contra 22% em 2016. Já os backbones regionais serão responsáveis por 23% (atualmente, 20%). E 41% serão em backbones de longa distância, uma redução de 17 pontos percentuais (p.p.).

A América Latina será responsável por 12,9 exabytes por mês em 2021, um crescimento de 2,6 vezes em cinco anos. A maior parte do tráfego será da América do Norte, com 85 exabytes/mês; e Europa Ocidental, com 37,4 exabytes/mês.

Segundo a empresa, haverá uma distribuição menos heterogênea nas redes de acesso à Internet, ficando em 53% para Wi-Fi, 20% para rede móvel e 27% para a fixa. Em 2016, esses percentuais eram de 52%, 10% e 38%, respectivamente. Vale ressaltar que a conexão Wi-Fi é apenas a forma de propagação do acesso fixo. Assim, continuarão a ser a grande maioria do escoamento do tráfego, passando de atuais 90% para 80%. A quantidade global de hotspots subirá de 85 milhões para 526,2 milhões em 2021.

Vídeo

E o vídeo será o maior responsável pelo avanço, com 82% do tráfego (contra 73% atuais). Globalmente, serão perto de 1,9 bilhão de usuários de vídeo em 2021 (excluindo os que usam em dispositivos móveis), contra 1,4 bilhão em 2016. Serão 3 trilhões de minutos de vídeo na Internet por mês, ou cerca de um milhão de minutos a cada segundo.

Tendência enxergada pela Cisco, o vídeo ao vivo aumentará 15 vezes nos cinco anos e representará 13% do tráfego de Internet. Enquanto isso, a realidade aumentada e a realidade virtual (AR e VR) crescerão 20 vezes, embora representem apenas 1% do tráfego total. O estudo estima ainda que mais de 56% das TVs de tela plana serão 4K, contra 15% em 2016. A base de aparelhos instalados com essa resolução subirá de 85 milhões para 663 milhões em 2021.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top