OUTROS DESTAQUES
Tendência
LDN tradicional pode perder 3% do tráfego para VoIP em 2003
terça-feira, 08 de outubro de 2002 , 17h35 | POR REDAÇÃO

A partir do ano que vem a telefonia comutada tradicional começará a perder espaço no País para o tráfego de voz sobre IP (VoIP), conforme o estudo New Applications in the VoIP World in Brazil, da IDC. O principal motivo dessa migração é a redução de custos, diz o analista João Bustamante, do IDC. Em apenas uma aplicação prática de VoIP, os custos médios de ligações de longa distância registraram queda de 87% em relação à telefonia convencional, afirma ele.
A partir de 2003, a longa distância perderá 3% de espaço para a VoIP, com a adesão do mercado corporativo a essa tecnologia, aposta o instituto de pesquisa. Em 2004, diz o analista, numa tendência mundial, os minutos da telefonia tradicional começarão a cair. No Brasil, ainda em 2003, estima-se que podem ser gerados 1,6 bilhão de minutos/ano em VoIP (o que significa 1% do tráfego total IP de longa distância do mundo). Em 2006, a previsão é de que esse total chegue a 20,9 bilhões (4% do tráfego total IP mundial). Ainda conforme o mesmo estudo, no ano que vem, o tráfego de VoIP será de 126 bilhões de minutos e em 2006, 511 bilhões de minutos.

Redução de custos

A tecnologia IP pode reduzir os custos de comunicação do mercado corporativo em 40% em relação à telefonia convencional, diz Bustamante. Segundo ele, os grandes beneficiários dessa migração de tráfego serão as empresas prestadoras de Serviço Limitado Especializado (SLE) e Serviço de Comunicação Multimídia (SCM).
No tráfego de voz na telefonia convencional o mercado corporativo é o segmento responsável pelo maior volume, com mais de 60% do tráfego total. Mas Bustamante destaca algumas barreiras junto aos usuários para a adesão à tecnologia IP: alto custo dos terminais IP (de US$ 50 a US$ 300); as soluções são proprietárias; e o desenvolvimento da tecnologia é lento. As incumbents ainda não estão muito interessadas em investir em IP porque gastaram muito com a antecipação de metas. Mas a previsão de migração e a tendência de queda da telefonia convencional, principalmente do mercado corporativo, pode ser um incentivo ao investimento na tecnologia, diz o IDC.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top