OUTROS DESTAQUES
Estratégia
Oi de olho em ativos de banda larga
quinta-feira, 08 de novembro de 2007 , 15h14 | POR FERNANDO PAIVA

?Somos compradores de redes de banda larga?, afirmou o presidente do grupo Oi, Luiz Eduardo Falco. Ele não revelou, contudo, que ativos a companhia está analisando no momento. A Oi estima que de 2006 a 2016 o número de acessos banda larga em serviço no Brasil saltará de 5,6 milhões para 27,6 milhões.

TV por assinatura

A compra de outras empresas do setor de TV por assinatura, como a WayTV, é uma possibilidade, mas depende, outra vez, de uma brecha regulatória. Falco classificou como uma ?piada? a restrição regulatória que impede as teles de comprarem empresas de TV a cabo. ?É uma restrição anacrônica, que vem de uma lei antiga. É uma assimetria regulatória para quem não precisa. Não estimula a competição?, afirmou.
O argumento das empresas de TV paga, especialmente da associação ABTA, que representa o setor, para pedir restrições à entrada das teles no mercado de televisão é justamente o fato de que quando uma telefônica compra uma empresa de TV por assinatura ela estaria tentando tirar empresas e redes de banda larga que hoje concorrem no mercado.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top