OUTROS DESTAQUES
Indústria
BNDES quer atrair fabricante de semicondutores
segunda-feira, 09 de setembro de 2002 , 16h23 | POR REDAÇÃO

O BNDES quer traçar um plano estratégico para atrair uma empresa produtora de semicondutores para o país. A idéia é completar a cadeia produtiva da indústria de telecomunicações e de informática. ?Nosso déficit com a importação de semicondutores gira entre R$ 4 bilhões e R$ 6 bilhões anualmente?, disse Marco Antônio Albuquerque de Araújo, superintendente da área de telecomunicações, logística e complexo eletrônico do banco, presente em evento promovido nesta segunda, 9, pela Associação Brasileira de Telecomunicações (ABT), no Rio de Janeiro.
Para ajudar na elaboração deste plano estratégico, o BNDES contratará uma consultoria. Dois consórcios disputam a licitação: Bechtel com Ernest & Young e AT Kearney com IDC. O resultado será informado até o fim da semana que vem. Uma vez selecionada a empresa, o plano estratégico para atrair um produtor de semicondutores será traçado em quatro meses. ?Provavelmente será preciso oferecer subsídios como infra-estrutura e redução de impostos para atrairmos alguma empresa desse segmento para o Brasil?, disse Araújo. Os principais alvos do BNDES são a Intel e a AMD.

Telemar

Sobre a participação acionária do BNDES na Telemar, Araújo disse que este não é o melhor momento para vendê-la, mas afirmou que o banco está permanentemente analisando possibilidades de desinvestimento. O BNDES tem 25% do capital da operadora.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top