OUTROS DESTAQUES
Interconexão
GVT não quer "bill and keep"
segunda-feira, 09 de setembro de 2002 , 18h11 | POR REDAÇÃO

A GVT, segundo o diretor de marketing, Rodrigo Dienstmann, não tem nenhuma intenção de fechar acordo semelhante ao formalizado entre Telefônica e Vésper São Paulo, chamado de bill and keep, pelo qual duas operadoras se isentam do pagamento da tarifa de interconexão local uma para a outra. Dienstmann diz que o modelo de negócios da GVT é baseado na receita obtida com interconexão e que a operadora não quer ver as regras do jogo alteradas. As operadoras espelho beneficiam-se de uma regra da Anatel que estabelece o pagamento de tarifa pela incumbent à autorizada sempre que uma ligação terminar na rede da concorrente enquanto a não houver equilíbrio entre ligações originadas e terminadas entre as redes das duas empresas. As concessionárias querem fazer valer a regra apenas para voz, sob a alegação de que no provimento de acesso à Internet as espelho podem levar vantagem com a instalação de servidores em suas redes.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top