OUTROS DESTAQUES
Banda larga
Brasil e Chile têm melhores conexões da América Latina, diz Netflix
segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014 , 17h49 | POR REDAÇÃO

A Netflix expandiu seu "Índice de velocidade de conexão Netflix" para incluir dados de desempenho de provedores de banda larga da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e México. Atualizado mensalmente, o Índice Netflix de velocidade lista as velocidades de provedores nacionais e internacionais.

Os provedores de acesso à Internet do Brasil e do Chile proporcionam o melhor serviço de banda larga na América Latina, de acordo com as informações divulgadas pela Netflix.

Segundo a empresa, a qualidade da banda larga na América Latina vem melhorando desde que foi lançado o serviço na região, em setembro de 2011, exceto na Argentina, "onde é preciso reverter um quadro de queda".

A GVT do Brasil e a GTD do Chile são as primeiras colocadas em termos de velocidade na América Latina. Geralmente, aponta o estudo, empresas estatais privatizadas têm menor desempenho no índice de velocidade de seu país, devido ao seu maior alcance geográfico e também porque suas redes incluem vários tipos de tecnologia. Já provedores menores e unidades adquiridas por grupos internacionais durante a privatização das antigas estatais tendem a ter infraestrutura mais nova e atuar em áreas urbanas, dois fatores que ajudam no desempenho e na melhor pontuação no índice.

Para calcular o Índice, o serviço colhe dados de transmissão dos mais de 44 milhões de assinantes Netflix do mundo todo, que juntos assistem a mais de um bilhão de horas de séries de TV e filmes mensalmente.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top