OUTROS DESTAQUES
Internacional
Para ganhar SFR, Bouygues Telecom acerta venda de rede e espectro
segunda-feira, 10 de março de 2014 , 12h08 | POR REDAÇÃO

Para tornar mais atrativa sua oferta pela operadora móvel SFR da francesa Vivendi, a Bouygues Telecom anunciou no domingo, 9, um acordo de até 1,8 bilhão de euros para a venda de suas antenas e frequências de 2G, 3G e 4G para a Iliad, a quarta tele móvel da França em número de clientes e que atua com a marca Free Mobile. A estratégia tem como objetivo facilitar uma eventual aprovação dos órgãos reguladores, tendo em vista que a união de SFR e Bouygues Telecom se trataria da fusão da segunda e terceira maior operadora móvel da França, respectivamente, que tem na Orange a líder de mercado.

O acordo, obviamente, está condicionado à aceitação da oferta da Bouygues por parte da Vivendi e à aprovação do negocio pelas autoridades regulatórias. Em comunicado, a Iliad informa que financiaria a operação com caixa próprio, sem a necessidade, inclusive, de aumento de capital.

No último dia 5, a Vivendi, que no Brasil controla a GVT, confirmou ter recebido além da proposta da Bouygues pela SFR, uma oferta também da operadora de cabo e banda larga francesa Numericable – e que por não causar concentração no mercado móvel se mostraria mais simples de ser aprovada pelas autoridades daquele país.

As duas ofertas são próximas. A Bouygues Telecom ofereceu 10,5 bilhões de euros em dinheiro e 46% das ações da empresa resultante da fusão das duas companhias, o que precificaria a SFR em cerca de 14,5 bilhões de euros. A da Numericable, por sua vez, está estimada em 11 bilhões de euros em dinheiro e 32% da nova empresa combinada, o que somaria algo em torno de 15 bilhões de euros pela SFR.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top