OUTROS DESTAQUES
Regra pode resultar em legalização de operação móvel já existente
quarta-feira, 10 de abril de 2002 , 21h17 | POR REDAÇÃO

A possibilidade de explorar o SMP na faixa de WLL cai como uma luva para a Vésper por vários motivos. A espelho foi a que mais investiu na tecnologia sem fio de última milha e não conseguiu decolar na competição pela telefonia fixa. Com a concessão pela Anatel do direito à "mobilidade restrita" para o WLL, a operadora passou a oferecer terminais móveis que, para desconforto das empresas de celular, são tecnicamente capazes de fazer hand off de uma estação radiobase para outra e, na prática, operam como celulares. A Anatel já vinha averiguando, inclusive, denúncia da concorrência sobre o serviço. Assim, se obtiver a licença do SMP, a Vésper acabará, na verdade, por legalizar uma rede já montada.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top