OUTROS DESTAQUES
Justiça mantém liminar da Embratel contra Telefônica
sexta-feira, 10 de maio de 2002 , 15h31 | POR REDAÇÃO

O desembargador da 3ª turma do Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região, Nery Júnior, indeferiu nesta sexta-feira, 10, o pedido de suspensão da decisão da 15.ª Vara Cível Federal, que impede a Telefônica de originar chamadas de longa distância nacional. A suspensão havia sido pedida pela Telefônica e pela Anatel por agravos de instrumento. O impedimento da prestação do serviço se deu por meio de liminar concedida à Embratel contra a liberação das licenças pela Anatel. De acordo com a assessoria de imprensa do tribunal, devido à relevância do tema, o desembargador optou por manter a decisão da primeira instância até que haja o julgamento definitivo pela 3ª turma, o que ainda não tem data prevista. Em resumo, a Telefônica continua impedida legalmente de prestar o serviço de longa distância nacional.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top