OUTROS DESTAQUES
Conflito entre sócios
Entenda as etapas até a saída do Opportunity das teles
quarta-feira, 10 de agosto de 2005 , 20h46 | POR REDAÇÃO

Com a confusão e a briga de liminares envolvendo Opportunity contra os fundos de pensão e o Citibank, é confusa para muitos analistas a real dimensão da troca de comando nas operadoras Telemig Celular, Amazônia Celular e Brasil Telecom. A troca de comando começou em março, quando Dantas foi demitido da gestão dos recursos do Citibank e o banco norte-americano se uniu aos fundos de pensão para tocar as empresas. Desde então, o grupo de Daniel Dantas tem usado de todos os recursos possíveis para ganhar tempo e evitar sair do comando das empresas. TELETIME News buscou resumir a situação de cada uma das operadoras.

* Brasil Telecom: A empresa Zain Participações S/A (topo da cadeia societária) já está sob o comando dos fundos de pensão e do Citibank, assim como as empresa imediatamente abaixo, Invitel e Techold. Em seguida na cadeia societária vêm Solpart, Brasil Telecom Participações S/A e Brasil Telecom S/A, que é a operadora propriamente dita. Por uma manobra societária, Citi e fundos conseguiram fazer a assembléia da Brasil Telecom Participações S/A antes mesmo da realização da assembléia da Solpart, mas houve contestações judiciais. No momento, aguarda-se o registro da AGE para que a troca de comando seja ratificada. Na melhor das hipóteses, esse registro da AGE acontece nos próximos dias e a assembléia para troca de conselheiros e diretores da Brasil Telecom S/A será convocada. Na pior das hipóteses, será necessário aguardar a assembléia da Solpart, marcada para o dia 18. De qualquer maneira, a expectativa é que até o meio de setembro a Brasil Telecom S/A, a operadora, esteja sob nova direção.

* Telemig e Amazônia Celular: Já houve troca de conselho e diretores na Futuretel (que está no topo da cadeia societária), Opportunity Mem (que vem imediatamente abaixo) e da Newtel. No caso da Newtel, houve briga na justiça, mas o comando está garantido aos fundos e ao Citi. O problema está na convocação da assembléia da Telpart, que é a empresa abaixo da Newtel e acima da Telemig Celular Participações S/A e da Amazônia Celular Participações S/A. A assembléia da Telpart deveria acontecer no dia 25, mas a questão está dependendo da Justiça. Uma vez resolvido esse problema, realiza-se a AGE da Telpart e já será possível convocar a assembléia da Telemig Participações S/A e da Amazônia Participações S/A. Só então é que se chega às operadoras. A expectativa é que tudo se conclua até o final de setembro.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top