OUTROS DESTAQUES
Sucessão na Anatel
Emília Ribeiro é nomeada conselheira da Anatel
quarta-feira, 10 de setembro de 2008 , 10h57 | POR MARIANA MAZZA

A nomeação de Emília Ribeiro para a última vaga do Conselho Diretor da Anatel foi publicada pela Presidência da República nesta quarta-feira, 10, no Diário Oficial da União. Com o decreto, Emília passa a ser a primeira mulher a ocupar assento na diretoria da agência reguladora das telecomunicações. A posse será nesta quinta, 11, às 14:30.
Além da nomeação, o presidente da República dispensou Emília da função de membro do Conselho Consultivo da Anatel, onde representava o Senado Federal. Com isso, o grupo consultivo passa a ter quatro vagas abertas: uma de representação dos consumidores, outra das empresas, uma da Câmara dos Deputados e, agora, uma do Senado Federal.
O nome de Emília Ribeiro foi aprovado pelo Plenário do Senado há 14 dias, em 27 de agosto, por 42 votos a 15. Antes de seguir para o Plenário, a então candidata ao Conselho Diretor passou por questionamentos no processo de sabatina na Comissão de Infra-Estrutura. O senador Sérgio Guerra (PSDB/PE) apresentou um relatório com várias ressalvas a aprovação de Emília para a Anatel por entender que sua entrada significaria a validação definitiva da compra da Brasil Telecom pela Oi. Ainda assim, Emília acabou tendo seu nome aprovado com certa folga na comissão. Seu nome foi validado por 13 votos a cinco.
Formara em Administração de Empresas pela AEUDF e em Direito pelo Ceub, a brasiliense Emília Ribeiro tem boas relações políticas construídas ao longo de sua longa trajetória no funcionalismo público, o que lhe garante bom trânsito junto ao PMDB e ao PSDB.
Foi assessora de Comunicação Social do Congresso Nacional e da Presidência da República nos anos de 1990 e 1991, respectivamente. Também trabalhou na Secretaria de Projetos Especiais da Presidência da República (1992) e no Ministério da Educação e do Desporto entre 1992 e 1996. Nos últimos anos, respondia pelo cargo de assessora técnica da Presidência do Senado Federal.
Emília entra na vaga deixada por José Leite Pereira Filho em novembro do ano passado. Com isso, a nova conselheira assume o cargo já perdendo praticamente um ano de seu mandato, de cinco anos. Emília será conselheira até novembro de 2012, quando poderá ser reconduzida ao cargo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top