OUTROS DESTAQUES
Mercado corporativo
Cisco quer ser conhecida como fornecedora de telefonia IP
quarta-feira, 10 de dezembro de 2003 , 16h24 | POR REDAÇÃO

A Cisco Systems quer atuar mais fortemente em telefonia IP na América Latina, a partir de 2004. A empresa investirá na comercialização de aparelhos telefônicos IP e PABX para empresas de todos os portes. De acordo com o presidente da Cisco Brasil, Carlos Carnevali, o mercado de PABX na América Latina, excluindo o México, alcança o valor de US$ 480 milhões por ano.
A empresa trabalha com tecnologia IP há quatro anos, mas nunca se dedicou muito a esse mercado, explica Carnevali. ?Agora, queremos nos posicionar e sermos conhecidos como fornecedores de PABX e IP?. Segundo ele, as pequenas e médias empresas, que precisam muito desse tipo de serviços, somam 4 milhões no Brasil e não podem ser desprezadas.
Questionado sobre o fato de não produzir terminais no Brasil enquanto seus concorrentes, como a Siemens, fabricam, Carnevali disse que o importante é ter assistência técnica, e que isso eles possuem em parceria com a Solectron.
Além do mercado corporativo, a Cisco pretende oferecer, através de parceiros, uma linha de produtos ADSL para o mercado residencial, porém o presidente da empresa não adiantou as perspectivas de negócios e números de clientes para o ano que vem.
O setor de telefonia IP, juntamente com storage, teve um crescimento de 20% no último trimestre fiscal da empresa (encerrado em julho) se comparado ao mesmo período de 2002, porém os valores desse segmento não foram divulgados. As vendas líquidas da Cisco mundial até julho último somaram US$ 4,7 bilhões, uma redução de 2,6% em relação ao ano fiscal anterior.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top