OUTROS DESTAQUES
Marco Civil
Molon sofre pressões para alterar texto; teles sinalizam que não aceitam mudança unilateral
terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 , 23h50 | POR SAMUEL POSSEBON

Esta terça-feira, dia 11 de fevereiro, foi um dia tumultuado para o relator do projeto de Marco Civil de Internet, Alessandro Molon, e para os diferentes atores envolvidos no processo de negociação. A primeira informação que circulou pela manhã, desmentida oficialmente por Molon, foi de que ele aceitaria as ponderações de algumas entidades da sociedade civil que questionaram a redação final dada ao projeto. As empresas de telecomunicações logo fizeram chegar aos ouvidos de Molon que não mais endossariam o projeto acordado com o Ministério da Justiça caso houvesse uma quebra unilateral dos pontos acordados no final do ano passado com o redator. Por outro lado, Molon passou o dia tentando costurar algumas possíveis mudanças com as entidades, e chegou a dizer que faria mudanças redacionais, eventualmente votando alguns aspectos em separado. Não se sabe ao certo que solução Molon dará para a sinuca em que o Marco Civil está. Mantida a redação de dezembro, o projeto satisfaz as empresas de mídia e não é de todo ruim para as teles, que até manifestam institucionalmente apoio ao texto, mas nos bastidores, individualmente, não têm trabalhado para que o texto seja aprovado. Já as entidades que desde o começo apoiam o texto, bem como as empresas de Internet, estão apreensivas, aguardando uma solução a ser dada por Molon que não desagrade a todos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top