OUTROS DESTAQUES
Política
Schymura não gostaria de deixar cargo à disposição
sexta-feira, 11 de outubro de 2002 , 18h22 | POR REDAÇÃO

O presidente da Anatel, Luiz Guilherme Schymura, disse não ter achado muito agradável e nem ?se encantado? com a idéia de renunciar a seu cargo atual, assim como os demais presidentes de agências reguladoras, caso o PT conquiste a presidência da República, como sugeriu à imprensa o deputado federal petista Walter Pinheiro (BA). Schymura negou ter recebido a sugestão de lideranças do partido, como chegou a ser publicado. ?Gostaria de esperar a posse do novo presidente. Se ele pedir para dialogar, terei prazer em fazer isso, e no momento oportuno vou tomar a decisão?, disse o presidente da agência.
Diante da eventual vitória da oposição nas eleições do próximo dia 27, Schymura diz que não se sentirá em situação desconfortável à frente da Anatel. Isto porque, segundo ele, a agência é um aparelho de Estado, e não do governo. Ele também afirmou que todos os conselheiros da Anatel estão em posição de permanecer no cargo mesmo com a eventual vitória petista.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top