OUTROS DESTAQUES
TV por assinatura
Serviço chegou a 30,2% dos lares em novembro
segunda-feira, 12 de janeiro de 2015 , 12h01 | POR REDAÇÃO

Segundo dados divulgados pela Anatel nesta segunda, 12, o Brasil fechou novembro de 2014 com 19,81 milhões de acessos de TV paga, o equivalente a uma densidade de 30,2 % dos lares, contra 19,65 milhões do mês de outubro de 2014. O mercado segue com um ritmo de crescimento anual na casa dos 10%, ou cerca de 1,9 milhões de clientes por ano, no comparativo entre novembro de 2013 e novembro de 2014.

O balanço da agência reguladora aponta que o DTH e o FTTH (fiber-to-the-home) continuam avançando em participação de mercado sobre a plataforma cabo. No início de 2014, as operadoras de DTH e FTTH tinham participação de mercado de 61,72% e 0,22%, respectivamente. O DTH avançou, até o final do penúltimo mês, para 61,96%, enquanto o FTTH fechou o mês com share de 0,45%. Perderam share o cabo, de 37,95% para 37,51%, também de janeiro a novembro, e o MMDS, de 0,09% para 0,06%. O serviço especial de TV por assinatura (TVA) manteve o share de 0,02%.

A queda na participação de mercado do cabo não significa que o serviço através desta plataforma esteja crescendo pouco. As operadoras de cabo conquistaram de janeiro a novembro 523 mil assinantes, alcançando 7,43 milhões de lares.

Grupos econômicos

O grupo econômico que mais cresceu no período foi a Oi, que avançou de um share de 4,57% para 6,08%, chegando a 1,2 milhão de lares. Em termos absolutos, no entanto, e embora tenha perdido share, quem mais cresceu foi a Telmex. As operadoras do grupo (Claro, Embratel e Net) conquistaram no período 772 mil assinantes, chegando a 10,5 milhões. Individualmente, a Net tem 6,7 milhões de clientes (crescimento de 68 mil assinantes em novembro) e a Claro hdtv chegou a 3,77 mlhões de clientes. A participação da Telmex caiu de 53,45% para 53,01%.

A Sky, embora tenha conquistado mais de 200 mil assinantes, também perdeu participação, fechando novembro com 5,64 milhões de assinantes e share de 28,48%, contra 29,76% no final de janeiro. A peradora teve uma queda de 10 mil assinantes no mês. As operadoras independentes tiveram uma queda de cerca de 20 mil clientes em novembro.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top