OUTROS DESTAQUES
Distância de amigos problemáticos
quarta-feira, 12 de julho de 2000 , 21h59 | POR REDAÇÃO

Em meio ao baixo astral provocado pelo envolvimento de Eduardo Jorge no escândalo das obras superfaturadas do TRT de São Paulo, um dos mais próximos assessores do presidente Fernando Henrique Cardoso sugeriu que o governo evite contatos com todas as pessoas com "potencial de encrencas." Citou, entre outros, Daniel Dantas, cujo banco, o Opportunity, tem vários de seus diretores (inclusive a irmã do presidente, Verônica Dantas) sob suspeita no processo de privatização da Vale do Rio Doce. Esse assessor ainda sugere que a primeira dama, Ruth Cardoso, dispense novas ações dos irmãos Dantas em favor da Comunidade Solidária – eles organizaram jantares de dona Ruth com empresários para estimular as contribuições.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top