OUTROS DESTAQUES
Justiça revoga liminar contra Barramar
quinta-feira, 12 de julho de 2001 , 20h36 | POR REDAÇÃO

Fonte ligada ao consórcio de credores e clientes formado pela Alcatel, Telefônica e Pegasus Telecom informou a TELETIME News que a liminar que suspendia as negociações entre a Barramar e o consórcio foi parcialmente revogada nesta quinta, 12, pelo desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo, Olavo Silveira. As negociações serão retomadas, mas a Justiça determinou que metade de qualquer valor a ser pago à Barramar deverá permanecer sub judice até que a ação movida por Paulo Borges, pedindo reconhecimento como dono de metade das ações da Barramar, seja julgada. Segundo a fonte, no início da próxima semana será realizada uma reunião entre os membros do consórcio e a Barramar para decidir os detalhes do contrato a ser fechado. Paulo Borges e seus advogados devem decidir até amanhã, 13, os procedimentos jurídicos a serem tomados, segundo um dos advogados de Borges, Luiz Rodovil Rossi.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top