OUTROS DESTAQUES
Fiscalização
Conselheiro da Anatel confirma averiguações na Embratel
quinta-feira, 12 de setembro de 2002 , 16h03 | POR REDAÇÃO

Continuam desencontradas as explicações da Anatel a respeito da existência ou não de uma auditoria dentro da Embratel. Tal auditoria teria sido determinada em função de preocupação com os problemas econômicos da sócia controladora da tele, a WorldCom. Perguntando sobre o assunto nesta quinta, dia 12, o conselheiro Luiz Alberto da Silva afirmou que há em curso um processo de acompanhamento na Embratel, "feito pelas superintendências da Anatel". Ainda segundo o conselheiro, este processo foi motivado pelas notícias da quebra da WorldCom nos Estados Unidos. A informação é desencontrada com as declarações de Luiz Guilherme Schymura (que negou a existência deste procedimento específico) e também com a declaração da vice-presidente de rede externa da Embratel, Purificación Carpinteyro, que disse não haver nenhuma auditoria na empresa, nesse momento.
Por outro lado, o superintendente de serviços públicos da Anatel, Marcos Bafutto, negou a este noticiário, na semana passada, a existência de qualquer processo de acompanhamento motivado pela quebra da WorldCom. Bafutto salientou que a superintendência faz permanentemente, a partir da identificação no call center da Anatel ou nos serviços de proteção ao consumidor, verificações das reclamações recorrentes e repetidas em relação a qualquer empresa. Só então a superintendência designa uma fiscalização específica para verificar o fato.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top