OUTROS DESTAQUES
Finanças e mercado
Fundos Apax e Bain se juntam para oferecer 7,075 bilhões de euros por ativos da Oi em Portugal
quarta-feira, 12 de novembro de 2014 , 09h49 | POR LETÍCIA CORDEIRO

O leilão pelos ativos operacionais da Oi em Portugal, herdados com o aumento de capital para fusão entre a brasileira e a Portugal Telecom se intensificou oficialmente. Em fato relevante encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no início da manhã desta quarta-feira, 12, a Oi informa ter recebido uma proposta conjunta dos fundos de investimento Apax Partners e Bain Capital para a compra de ativos da PT Portugal SGPS que avalia a empresa em 7,075 bilhões de euros, excluindo caixa e dívida. A proposta é 50 milhões de euros superior ao preço estipulado pela francesa Altice e, assim como ela, inclui no valor total um earn-out (pagamento diferido) de 400 milhões sujeito à geração futura de receitas e de outros 400 milhões condicionado à geração de EBITDA.

A proposta dos fundos também não inclui os negócios na África nem os títulos da dívida da Rioforte,  que passaram a ser ativos da PT SGPS – alvo esta da oferta da bilionária angolana Isabel dos Santos.

A proposta do fundo Apax junto com o Bain de certa forma não é uma surpresa. O mercado já tinha conhecimento do interesse da Apax nos ativos portugueses. A oferta será agora avaliada pelo conselho de administração da Oi, que tem sobre a mesa duas propostas para a compra das operações em Portugal. Vale lembrar que a oferta pública de aquisição (OPA) de 1,21 bilhão de euros de Isabel dos Santos tem como alvo as ações da PT SGPS, que não tem mais os ativos operacionais – lista apenas como ativos os títulos de divida de 897 milhões da Rioforte, a participação de 25,6% na Oi, além da opção de compra por seis anos de 16,6% do capital da brasileira, e impõe como condicionante que a Oi não venda seus ativos operacionais. O conselho de administração da Oi já se posicionou rechaçando as condicionantes da Oi da empresária que é filha do presidente de Angola.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top