OUTROS DESTAQUES
BNDES diz que Globo Cabo é ótimo negócio
quarta-feira, 13 de março de 2002 , 23h04 | POR REDAÇÃO

O BNDES foi, no final das contas, o sócio da Globo Cabo que deu o maior suporte na operação de recapitalização da dívida da operadora anunciada nesta terça, dia 12, no valor total de R$ 1 bilhão. "A Globo Cabo representa um ótimo negócio para o BNDES e esse aporte preserva e fortalece nossa posição na empresa", declarou Eduardo Gentil, diretor de mercado de capitais do banco. O BNDES disse que a operação de recapitalização, na qual entrará com até R$ 284 milhões, foi normal, passou pela análise dos técnicos do banco durante seis meses, e "não tem conotação política", de acordo com José Mauro Carneiro da Cunha, vice-presidente do banco estatal. Ele disse que ao final das contas o BNDES pode ficar com uma participação entre 7% e 12% da Globo Cabo, o que é mais do que os 5% atuais. O diretor Eduardo Gentil disse ainda que o banco tem como regra nunca entrar com mais do que um terço de nenhuma operação de capitalização. De fato, na operação de R$ 1 bilhão, o BNDES participa com até 28,4%. No entanto, considerando-se apenas o que a Globo Cabo receberá de dinheiro novo ou redução da dívida, o BNDES deve responder por cerca de 43% da operação, contra 35% do grupo Globo. Isso porque a maior parte da contribuição da Globo à operação (R$ 305 milhões) vem de uma AFAC (Adiantamento Futuro de Aporte de Capital) realizado em 2001 e que não envolveu dinheiro, apenas transferência de expectativas de ganhos futuros com a empresa. Assim, somando-se o que poderá ser colocado em dinheiro por cada um dos sócios e o que cada um dos sócios está convertendo de debêntures para equity, o BNDES é o principal personagem da operação.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top