OUTROS DESTAQUES
Rede brasileira está mais preparada que a americana para xDSL
quarta-feira, 13 de março de 2002 , 23h04 | POR REDAÇÃO

As expectativas são mais favoráveis aos acessos de cobre para Internet rápida, segundo Steven Lewine, principalmente pela penetração superior destas redes junto aos usuários brasileiros. Nos EUA, conforme dados fornecidos pelo diretor do J.P. Morgan, 40% das residências são cobertas por acessos baseados em plataformas de cabo; 30% são cobertas por cabo e ADSL; 10% apenas por xDSL; e 20% não têm nenhum tipo de cobertura. No Brasil, o número é inverso: 60% das residências têm disponibilidade técnica de ADSL; 7% têm xDSL e cabo; 1% somente cabo; e quase 30% não têm nenhuma cobertura. Um dos motivos pelos quais as empresas de cabo predominam no mercado norte-americano, segundo o consultor Tom Southwick, também presente ao seminário, é porque, regionalmente, a empresa de cabo está sozinha, concorrendo com várias operadoras de ADSL.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top