OUTROS DESTAQUES
Handsets
OGO chega à América Latina em agosto
quarta-feira, 13 de julho de 2005 , 17h30 | POR FERNANDO PAIVA

O OGO, aparelho celular desenvolvido pela americana IXI especialmente para o uso de serviços de instant messaging, será lançado até o fim de agosto na América Latina. A Wavecom, que representa a marca na região, já fechou contrato com uma operadora chilena, cujo nome ainda não pode ser revelado. Lançado em setembro do ano passado nos EUA pela Cingular, o OGO já teve 300 mil unidades vendidas e deve atingir 500 mil até dezembro. Recentemente, o aparelho foi lançado também na Turquia.
A expectativa de Henrique Berlinck, diretor da Wavecom, é vender 50 mil unidades do aparelho nos primeiros seis meses na América Latina. Se alguma operadora brasileira se interessar, porém, a estimativa sobe consideravelmente. O executivo conta que já apresentou o handset para as grandes operadoras nacionais, mas nenhuma decidiu lançá-lo até o momento.
O OGO tem um teclado e utiliza a tecnologia "Personal Mobile Gateway" (PMG), desenvolvida pela IXI, que transforma o celular em uma espécie de mini-roteador. Por enquanto está disponível apenas para redes GSM. O OGO também funciona para voz, mas este não é seu objetivo principal. "Não destacamos isso porque não queremos que ele pareça um canivete suíço. O foco é o uso para instant messaging", explica Berlinck.
O produto é voltado para o público adolescente. "Os testes com jovens entre 13 e 16 anos no Chile foram um sucesso. Muitos não queriam devolver os aparelhos", relata o executivo.

Modelo de negócios

O handset é vendido nos EUA por US$ 79,99. Os planos de serviços variam de US$ 14 a US$ 20 por mês e permitem o uso ilimitado de serviços de mensagens instantâneas e acesso a contas de emails (sem arquivos de anexo). Na Turquia, os OGOs estão sendo distribuídos de graça aos usuários, mediante assinatura de contrato de fidelidade de um ano ao plano de serviço. Berlinck considera que há mercado no Brasil para o aparelho e acredita que R$ 50 seria um preço acessível como mensalidade para o plano de serviço.
Além da venda de aparelhos para as operadoras, a IXI ganha um percentual pequeno da receita com os planos de serviço. "A maior parte fica com as operadoras e com as empresas de instant messaging", explica o executivo. A IXI tem acordos para a oferta dos serviços de mensagem instantânea da Microsoft (MSN), AOL e Yahoo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top