OUTROS DESTAQUES
Telemar: Anatel analisou ata de reunião posterior à demissão de presidente
segunda-feira, 13 de agosto de 2001 , 21h18 | POR REDAÇÃO

A questão da demissão de Manoel Horácio pode não ser tão simples como faz crer a Anatel, que na sexta, dia 10, declarou o caso encerrado por não ter notado a participação do Opportunity na reunião de acionistas que ratificou a decisão. A data da ata analisada pela agência é 25 de julho. Acontece que isso é pelo menos seis dias depois da demissão de Manoel Horácio (tornada pública em 19 de julho). Ou seja, a ata que a Anatel tem é apenas uma formalização de uma decisão que foi tomada anteriormente. Vale lembrar que para que pudesse haver alguma iniciativa de destituição do presidente da empresa era necessário que acionistas representando pelo menos 33% das ações ordinárias tivessem tomado a decisão. Não se sabe, por nenhum dos documentos conhecidos, quais acionistas se uniram para somar os 33% e nenhum deles veio até o presente momento a público falar sobre a questão

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top