OUTROS DESTAQUES
Hispasat não renova proposta de satélite, mas entende que poderá operar
segunda-feira, 13 de dezembro de 1999 , 18h47 | POR REDAÇÃO

A Hispasat confirmou que não apresentou a renovação da sua proposta financeira para a exploração da licença do satélite brasileiro. O valor vencedor ofertado pela empresa foi de R$ 27 milhões. No entanto, segundo Floriano de Azevedo Marques Neto, advogado da empresa, a Anatel não convocou os responsáveis para que efetivassem o depósito da garantia. Por isso, a Hispasat entende que terá o direito de exercer a sua proposta caso a pendência judicial criada pela empresa Teleglobal se resolva (a Teleglobal está contestando o resultado da licitação, da qual também participava). Da mesma forma, a empresa espanhola também entende que caso não queira mais exercer o direito à proposta não precisará pagar multa.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top