OUTROS DESTAQUES
ATL e Telefônica Celular: novos entrantes são ameaça apenas a partir de 2003
quinta-feira, 13 de dezembro de 2001 , 19h13 | POR REDAÇÃO

As duas operadoras de telefonia celular atuantes no mercado fluminense e capixaba não temem um acirramento profundo da competição no mercado em 2002, com a chegada da TIM e da Telemar Celular. Tanto a ATL quanto a Telefônica esperam que seus novos concorrentes ataquem de início apenas o segmento pré-pago, tentando angariar novos assinantes e não exatamente roubar os já existentes. Além disso, ATL e Telefônica concordam que não haverá uma guerra de tarifas ou de preços de aparelhos, pois os praticados hoje já seriam baixos demais e os novos players não poderiam arriscar adiar ainda mais o já distante retorno do investimento inicial. "A concorrência deve se intensificar apenas em 2003, quando TIM e Telemar terão uma cobertura melhor e começarão a atacar o setor pós-pago também", avaliou no almoço de fim de ano realizado na última quarta, 12, o presidente da ATL, Carlos Henrique Moreira.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top