OUTROS DESTAQUES
AT&T pede licenças de STFC e quer mercado residencial
quinta-feira, 14 de fevereiro de 2002 , 22h48 | POR REDAÇÃO

A AT&T Latin America incluiu o mercado residencial das classes A e B em seu plano de negócios no País para este ano, a partir da obtenção de licenças de Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC). A empresa solicitou à Anatel autorizações para prestar o serviço nas seis áreas de numeração onde mantém pontos de presença atualmente, (11, 21, 31, 41, 51, 61, para as regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre, respectivamente). Mas pretende juntar a estes pedidos nas próximas semanas solicitações para também oferecer telefonia local e de longa distância, nacional e internacional, até julho próximo em toda a área 3 (Estado de São Paulo) e, provavelmente, a área 2 (nove estados do Sul, Centro-Oeste e Norte). A abrangência dependerá dos resultados de estudos da viabilidade técnica de cobertura destas duas regiões até julho. De qualquer forma, em até dois anos, a AT&T pretende estar nas três áreas do PGO.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top