OUTROS DESTAQUES
Gilat sai da GVT para evitar conflitos
sexta-feira, 14 de abril de 2000 , 17h03 | POR REDAÇÃO

A fabricante israelense de sistemas de comunicação via satélite Gilat está saindo do consórcio GVT, espelho da Brasil Telecom (TCS). A empresa tinha participação de cerca de 6% na operadora. O capital aportado pela Gilat, cujo valor não foi revelado, será transformado em empréstimo. Segundo o presidente da Gilat do Brasil, Paulo Ricardo Pinto, a medida foi tomada para que não haja conflito entre a imagem da operadora e da Gilat, que está entrando no mercado brasileiro de VSAT e telefonia rural e tem como principais clientes, além de grandes corporações como bancos e a Loteria Federal, as outras operadoras de telecomunicações. Nos outros países da América Latina, ela continua como sócia da GVT.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top