OUTROS DESTAQUES
Universalização
Fust prejudica competição, diz presidente da Intelig
sexta-feira, 14 de junho de 2002 , 18h21 | POR FERNANDO PAIVA

O presidente da Intelig, José Carlos Cunha, afirmou em sua palestra durante o 5º Seminário Telecom, que o Fust prejudica a competição no setor. Uma das principais razões, em sua opinião, é que a base de cálculo do fundo de universalização não é justa para os novos entrantes. O executivo defende que a alíqüota de 1% do Fust seja cobrada sobre a receita líquida menos os gastos com interconexão e com linhas dedicadas. "Na Intelig, 65% da receita líquida destina-se ao pagamento de tarifas de interconexão e aluguel de linhas dedicadas", comentou. Cunha sugeriu também que a alíqüota seja variável, tendo como teto 1%. Ela variaria de acordo com as "necessidades reais dos programas efetivamente implementados" com recursos do Fust.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top