OUTROS DESTAQUES
Embratel tem saída, mas sua margem para fugir da crise é estreita
quarta-feira, 15 de maio de 2002 , 21h48 | POR REDAÇÃO

Nas contas de alguns analistas do mercado de ações, a situação da Embratel é relativamente boa. No momento, seu preço de mercado está muito baixo: R$ 1,3 bilhão contra um patrimônio de R$ 5,3 bilhões. Seu endividamento líquido é de R$ 3,1 bilhões (tem R$ 662 milhões em caixa), cujo serviço pode ser liquidado com certa facilidade pelo lucro da atividade (R$ 400 milhões). Isso significa que a companhia consegue pagar o equivalente a 12,9% de sua dívida a cada ano. Os mesmos analistas advertem: um novo choque cambial e/ou uma perda de faturamento acima de 10% podem por a empresa em situação "extremamente difícil". É preciso lembrar que menos de 40% da dívida está protegida por hedge.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top