OUTROS DESTAQUES
Aumenta o risco do setor de telecomunicações
quarta-feira, 15 de agosto de 2001 , 23h49 | POR REDAÇÃO

Ainda que a maior parte dos balanços das teles tenha apresentado bons resultados no segundo trimestre, o risco do setor aumentou consideravelmente, de acordo com diferentes fontes ouvidas por TELETIME News. Em parte pelo aumento da volatilidade geral do mercado e do risco Brasil, que prejudica os papéis de maior volume de negociação (caso do setor de telecomunicações). E em parte, porque ficaram mais óbvias as dificuldades de crescimento. As projeções de preços, que vinham sendo obtidos mediante um fluxo de caixa descontado a uma taxa anual de 14% a 15%, têm utilizado percentuais mais elevados, de 18% a 19%. O potencial de valorização do setor, ainda em torno de 40%, deve ser revisto para baixo nas próximas semanas. Brasil Telecom foi considerado apenas regular. Os resultados mais fracos foram da Embratel, Tele Leste Celular e Telesp Celular. Os melhores resultados foram (entre parênteses, a margem EBITDA):
Tele Celular Sul (44,9%)
Telemar (42,6%)
Telemig Celular Part (40,4%)
Tele Nordeste Celular (37,6%)
Tele Centro Oeste Celular ( 35,4%)

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top