OUTROS DESTAQUES
Mercado
Disoft vê oportunidade com nova lei de call center
sexta-feira, 15 de agosto de 2008 , 18h29 | POR REDAÇÃO

A brasileira Disoft acredita angariar novos negócios para suas soluções de conectividade que permite aos atendentes de call center visualizar as informações de diversos sistemas na mesma tela. De acordo com Alexandre Corigliano, diretor da companhia, a diminuição do tempo de atendimento varia de acordo com a maturidade do sistema, mas pode significar a adequação à nova lei para algumas empresas. "A nova lei vai demandar investimentos. E esses investimentos acabam significando novos negócios para as empresas de tecnologia", disse Corigliano.
A Disoft está no mercado de 1984 e tem grande parte das suas receitas geradas no segmento financeiro, para o qual fornece soluções para caixas automáticos. O segmento de telecom responde por cerca de 25% da receita da companhia, que em 2007 foi de R$ 15,7 milhões. A expectativa da empresa para este ano é chegar em R$ 40 milhões, "com algumas tecnologias que estão virando negócio agora, entre as quais algumas de telecom", disse Corigliano.
Outra solução que a empresa pretende implantar no mercado brasileiro é de digitalização dos formulários de preenchimento de cadastro das empresas de telecom. Quando um cliente adquire um celular, por exemplo, as empresas imprimem os formulários para serem preenchidos e assinados pelo cliente. Com a solução da Disoft – já implantada pela Vodafone – as empresas conseguem reduzir custos com papel e impressão além de agilizar os processos internos. "Tudo é feito eletronicamente, inclusive o cliente assina em um pad", diz ele. Como o formulário já nasce digital, não há trânsito de papel das lojas até a operadora, o que significa redução de custos.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top