OUTROS DESTAQUES
Começa nesta quinta a briga pela padronização do PCS no Brasil
quarta-feira, 15 de dezembro de 1999 , 22h43 | POR REDAÇÃO

A briga promete esquentar. Na audiência pública da Anatel marcada para esta quinta, dia 16, sobre os caminhos a serem adotados pelo PCS no Brasil, as principais entidades padronizadoras e associações do mercado de telefonia wireless apresentarão seus argumentos. A principal disputa será quanto à faixa de freqüência a ser adotada pelo serviço no Brasil. Caso a faixa seja de 1,9 GHz, os padrões CDMA, TDMA e GSM poderão ser usados. Caso a faixa seja de 1,8 GHz, só o GSM poderá ser adotado no Brasil. Defendendo a faixa de 1,8 GHz (e, portanto, o GSM) participarão da audiência: GSM Association (entidade que reúne operadores desta modalidade); GSA (entidade dos fabricantes de GSM); UMTS Forum (associação da indústria européia que defende o GSM em 1,8 GHz e a destinação da faixa de 1,9 GHz para a terceira geração do celular no padrão IMT 2000); além de fabricantes como Siemens e Nokia. Defendo o CDMA, pelo menos o CDMA Development Group (CDG), entidade que agrega as indústria americanas, estará presente.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top