OUTROS DESTAQUES
Mercado
TIM convoca assembleia para aprovar compra da Intelig
terça-feira, 15 de dezembro de 2009 , 16h25 | POR HELTON POSSETI

A compra da Intelig pela TIM está mais próxima de ser concretizada. Atendendo a promessa de fechar a aquisição até o final do ano, a companhia agendou para o próximo dia 30 de dezembro, assembleia de acionistas para a aprovação final do negócio. A operadora estima que em 100 dias a rede da Intelig esteja integrada e as primeiras ofertas comerciais conjuntas sejam lançadas no primeiro trimestre do ano.
Para viabilizar o negócio, TIM e os controladores da Intelig tiveram que alterar os termos da fusão propostos inicialmente em 16 de abril. Na ocasião, os controladores da Intelig (por meio da empresa JVCO) ficariam com 6,15% de participação nas ações ordinárias e 6,15% das ações preferências das duas empresas juntas. Com o novo acordo, celebrado em 30 de novembro, a TIM assume a dívida da reestruturação financeira da Intelig no valor de US$ 70 milhões e, por isso, a participação dos controladores da Intelig nas duas empresas juntas foi reduzida para 5,14%.
Inicialmente a TIM desembolsa R$ 514 milhões para a incorporação de uma das empresas da cadeia societária da Intelig, a Holdco. Esse valor, somado à dívida assumida, gera um custo total de cerca de R$ 630 milhões. É claro que a empresa, provavelmente, tem um prazo para pagar a dívida.
Dívida trabalhista
A penhora de ações da Intelig no valor de R$ 200 milhões, determinado pela Justiça do Trabalho para o pagamento de dívidas trabalhistas relacionadas ao extinto jornal Gazeta Mercantil, foi reduzida para R$ 65 milhões. Assim, após a conclusão do negócio, um montante de ações da TIM equivalentes a R$ 65 milhões podem ser direcionados para o pagamento de direitos trabalhistas dos antigos funcionários da Gazeta Mercantil. Antonino Ruggiero, responsável pelo projeto Intelig na TIM, afirma que esse caso está encerrado, mas os advogados dos funcionários do extinto jornal informaram a este noticiário que entraram com recurso para elevar o valor. Pelo desenrolar do caso, uma vez que a TIM está comprando a Intelig ela será mesmo responsabilizada por este processo que corre na Justiça do trabalho, embora não seja parte na ação.
Sinergias
A TIM espera que a Intelig gere sinergias de R$ 250 milhões por ano com redução de custos relativos ao aluguel de links de alta capacidade. O presidente da TIM, Luca Luciani, disse que o investimento será recuperado em um prazo de 30 meses.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top