OUTROS DESTAQUES
Mobile World Congress
Oi reduz encomendas e busca novas opções de financiamento, dizem fornecedores
terça-feira, 16 de fevereiro de 2010 , 19h59 | POR SAMUEL POSSEBON, DE BARCELONA

Fornecedores de equipamentos ouvidos por este noticiário esta semana em Barcelona confirmam que a Oi está reduzindo, significativamente, as encomendas de equipamentos para 2010, ou pelo menos forçando ainda mais os preços para baixo, quando possível. Já se sabia que a maior operadora fixa do país passaria por um ano de contenção de gastos, em função do nível de endividamento e das obrigações regulatórias que direcionam investimentos para algumas áreas específicas, mas ainda assim a contração nas encomendas assusta o mercado. Segundo fontes que comentaram informalmente a situação da operadora, a Oi estaria buscando alguns parceiros para encontrar novas alternativas de financiamento dos projetos de expansão, em que os fornecedores arcariam com o financiamento e com o risco e seriam recompensados, futuramente, com o resultado das vendas.
A expectativa para o balanço da operadora, contudo, que deve ser anunciado nas próximas semanas, é que a Oi não mostre uma degradação acentuada de seus indicadores financeiros, apenas uma pequena redução de base de telefonia fixa e um crescimento mais significativo em banda larga e em telefonia móvel.
No começo do ano a Oi informou ao mercado estar revendo o provisionamento para ações judiciais herdadas da Brasil Telecom e que não haviam sido corretamente estimadas na ocasião da fusão. A maior parte destas ações vem de garimpagem de papéis da Telebrás e posterior contestação judicial do valor de conversão dos títulos após a privatização. Empresas do grupo Opportunity, antigo controlador da Brasil Telecom, estão entre as maiores patrocinadoras destas ações judiciais.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS
Não Eventos
Top