OUTROS DESTAQUES
Anatel não indica autores de documento apócrifo, mas tem pistas
terça-feira, 16 de abril de 2002 , 20h15 | POR REDAÇÃO

Apesar de afirmar que desconhece o autor do documento com as críticas à Anatel, o conselheiro Antônio Valente deu duas declarações que dão uma pista de sobre quem caem as suspeitas da agência. A primeira delas é em relação a antecipação de metas. "Nós ficamos muito satisfeitos com a antecipação das metas, mas ninguém fez isso por obrigação. Entre as seis concessionárias brasileiras, cinco perseguiram obstinadamente a antecipação", declarou Valente. A única empresa que não antecipou as metas foi a Brasil Telecom. A segunda declaração na qual Antônio Valente dá pistas sobre possíveis responsáveis sobre o documento é: "ao que me consta, apenas uma empresa deixou de pagar suas dívidas, e não foi por não poder pagar, mas por não querer pagar, por divergências entre os sócios. Não existe problema deste tipo no setor", declarou o conselheiro, em referência à BCP.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top