OUTROS DESTAQUES
Instabilidade paralisa outras negociações, diz presidente da espelho
terça-feira, 16 de abril de 2002 , 20h15 | POR REDAÇÃO

De acordo com Márcio Kaiser, presidente da GVT, o contrato com a Intelig foi assinado há cerca de 20 dias. A empresa, contudo, paralisou uma série de negociações de unbundling que mantinha com todas as outras operadoras fixas interessadas em prestar serviços locais em sua área (Telefônica, Telemar, Embratel e Intelig), em função da saída de Renato Guerreiro da presidência da Anatel. A GVT, segundo informações da empresa, detém atualmente mais de 320 mil linhas em serviço, com previsão de atingir 500 mil até o final do ano. O compromisso com a Anatel para 2002 era de oferecer rede com capacidade para 500 mil linhas até dezembro próximo. A empresa informa ter superado esta marca, com 830 mil linhas disponíveis já em dezembro passado.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top