OUTROS DESTAQUES
Telefônica Celular não teme queda da TU-M no SMP
terça-feira, 16 de abril de 2002 , 20h15 | POR REDAÇÃO

A idéia de que as operadoras fixas têm maior poder de barganha que as celulares em uma livre negociação das tarifas de interconexão foi contestada por Paulo César Teixeira, da Telefônica Celular. "Tanto as celulares quanto as operadoras fixas têm bases de clientes muito grandes. A meu ver, o poder de barganha é igual. A TU-M (Tarifa de Interconexão de Rede Móvel) não vai cair", garante. A declaração vai de encontro ao argumento usado por muitas operadoras móveis que são contrárias à migração para SMP, cujas regras prevêem a livre negociação deste valor.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top