OUTROS DESTAQUES
Fust fica de fora até da convocação extraordinária
quinta-feira, 16 de dezembro de 1999 , 10h34 | POR REDAÇÃO

Surpreendendo o senador José Roberto Arruda (PSDB/DF), que havia anunciado nesta quarta, dia 15, a votação do projeto do Fust na pauta de trabalhos da convocação extraordinária do Senado em janeiro, as lideranças partidárias resolveram mudar de idéia. A notícia surpreendeu também o deputado Júlio Semeghini (PSDB/SP), autor do projeto que foi aprovado pela Câmara. Ao que se sabe, Semeghini chegou a pedir à Presidência da República intervenção na decisão das lideranças do Senado, mas nem mesmo os esforços de Fernando Henrique foram suficientes para voltar a incluir o Fust na pauta de janeiro. O projeto fica, então, para a volta do recesso parlamentar, em fevereiro, ou, na hipótese mais provável, só depois do carnaval, em março. Os conselheiros da Anatel Renato Guerreiro, Francisco Perrone e José Valente mostraram-se surpresos ao receberem a notícia.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top