OUTROS DESTAQUES
Intelig quer concorrer em PCS e defende faixa de 1,8 GHz
sexta-feira, 17 de março de 2000 , 18h12 | POR REDAÇÃO

A Intelig, empresa-espelho da Embratel, pretende fazer parte da licitação de PCS. Segundo Fernando Terni, presidente da operadora, o cenário ideal para operadora seria uma licença nacional com a freqüência de 1,8 GHz. Participar da licitação para a freqüência de 1,9 GHz "já seria uma especulação", segundo ele. A preferência pela freqüência e pela tecnologia segue o alinhamento europeu, pois ambos os seus sócios – National Grid e France Telecom – são do velho continente. A Intelig é a terceira operadora que se interessa pelo leilão de PCS a defender a tecnologia GSM e a faixa de 1,8 GHz. Antes dela, Telecom Italia e a norte-americana Omnipoint já o haviam feito. Resta saber, ainda, se a licitação permitirá a participação de empresas-espelho.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top