OUTROS DESTAQUES
Satélites
Telemar provê comunicação para base brasileira na Antártica
sexta-feira, 17 de março de 2006 , 17h30 | POR FERNANDO PAIVA

A Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF), base brasileira de pesquisas no continente antártico, agora conta com comunicação via satélite provida por um convênio assinado com a Telemar. A operadora oferece transmissão de dados, videoconferência, ligações telefônicas e acesso à internet através de transmissão em banda C pelo satélite Amazonas, da Hispamar, a uma velocidade de até 512 Kbps. ?Nossa estação se torna agora uma referência em telecomunicações no continente antártico?, disse o contra-almirante José Eduardo Borges. Antes, a comunicação da estação era feita por um enlace via satélite da Entel Chile a 64 Kbps.
Na prática, a EACF se tornou mais um ponto da rede corporativa da Marinha brasileira, provida pela Telemar. ?Agora, uma ligação da Antártica para o Rio de Janeiro, por exemplo, trafega como uma chamada local. É uma grande redução de custos para o projeto?, destacou o militar.
A estação recebe 120 pesquisadores diferentes durante o verão. No inverno, quando a temperatura alcança cerca de 30 graus negativos, apenas 18 pessoas permanecem na EACF e não há condições climáticas para chegar ou deixar o continente antártico. Para resistir ao frio, as antenas de comunicação satelital estão preparadas com um equipamento que evita seu congelamento. Além disso, foram montadas de forma a resistir à força do vento, que pode alcançar velocidades de até 120 Km/h. ?Para a Telemar, o ganho principal com esse convênio é mostrar ao nosso cliente corporativo que nós o atendemos em todas as suas necessidades?, disse o presidente da Telemar, Ronaldo Iabrudi.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top