OUTROS DESTAQUES
Infra-estrutura
Transit vai montar rede PHS em 75 localidades
terça-feira, 17 de julho de 2007 , 19h20 | POR FERNANDO PAIVA

A Transit planeja instalar estações de Personal Handyphone System (PHS) em 75 localidades no País. O projeto piloto será iniciado em agosto em cinco cidades: São Paulo/SP, Limeira/SP, Indaiatuba/SP, Betim/MG e Belo Horizonte/MG. Para as demais 70 localidades a empresa ainda aguarda aprovação da Anatel. A idéia é usar o PHS para prestar serviço de telefonia fixa para empresas e condomínios residenciais nas classes C e D, informou a vice-presidente institucional da Transit, Lucia Helena Makhlouf.
O PHS é uma tecnologia para telefonia fixa com terminais sem fio. Diferentemente das redes celulares, o alcance de sua antena é pequeno, com um raio de algumas dezenas de metros. É considerada uma boa opção para áreas urbanas com grande concentração demográfica. O PHS usa uma faixa de freqüência em 1,9 GHz.
Segundo a executiva da Transit, a rede a ser montada cumprirá a regulamentação, não permitindo o hand-over entre estações. A única exceção será no caso do deslocamento de funcionários de uma empresa entre diferentes filiais. ?A pessoa poderá levar seu ramal consigo e ele funcionará quando ela estiver dentro de outra filial da empresa?, explica Lucia Helena.

Ásia

O PHS é uma tecnologia muito difundida na Ásia. Só na China, há 60 milhões de usuários de linhas PHS em serviço. Por sinal, a solução da Transit contará com a ajuda da China Telecom. As duas operadoras assinaram um acordo de cooperação mútua envolvendo a implementação dessa tecnologia. Os equipamentos de rede serão fornecidos pela fabricante chinesa ZTE.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top