OUTROS DESTAQUES
Suspensa liminar que impede formação de consórcio da Barramar
sexta-feira, 17 de agosto de 2001 , 19h20 | POR REDAÇÃO

Olavo Silveira, desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo, suspendeu por liminar o impedimento da efetivação jurídica do consórcio entre Alcatel, Telefônica e Pegasus para controle da rede da Barramar, obtido por liminar concedida em primeira instância à Trafegar Engenharia e Participações. O magistrado entendeu que o contrato de prestação de serviços entre a Barramar e a Trafegar, uma de suas credoras, não dá o poder de bloquear as negociações envolvendo a primeira empresa, que se encontra em situação falimentar. As três empresas do consórcio, se mantido o desimpedimento, devem assinar o contrato para a formalização da nova companhia na próxima semana.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro do mercado de satélites brasileiro

31 de agosto a 1 de setembro
Royal Tulip Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Top