OUTROS DESTAQUES
As saídas para a venda de posições na CRT
quarta-feira, 17 de novembro de 1999 , 22h55 | POR REDAÇÃO

Fontes das empresas envolvidas diretamente na venda das participações na CRT vislumbram algumas possibilidades de desfecho no negócio. Todas elas, entretanto, apontam para muita confusão. Os vendedores entendem que a Anatel não está proibindo a Portugal Telecom de assumir o controle. Está, simplesmente, dizendo que essa não é a solução mais adequada. O ideal para a agência seria a entrada da TCS, da CTBC Telecom ou da Sercomtel. Isso não impede, contudo, que a Telefônica e os demais vendedores da CRT coloquem o seu preço no patamar que acharem mais justo (no mínimo o que foi pago pela empresa, ou seja, bem acima do preço de mercado). Isso levaria a uma necessidade de arbitragem por parte da Anatel, procedimento inédito dentro da agência e que seguramente se arrastaria por muito tempo.

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário para esta notícia.

Deixe o seu comentário!

EVENTOS

Principal encontro de lideranças do mercado de telecomunicações

19 de setembro a 20 de setembro
Royal Tulip Brasilia Alvorada, DF, Brasil
Top